Extensão

 

    A Extensão, entendida como prática acadêmica que interliga a IES nas suas atividades de ensino e pesquisa, com as demandas da maioria da população possibilitando a formação do profissional cidadão e se credencia, cada vez mais, junto à sociedade como espaço privilegiado de produção do conhecimento significativo para a superação das desigualdades sociais existentes. É importante consolidar a prática da Extensão posto que esta possibilita a constante busca do equilíbrio entre as demandas socialmente exigidas e as inovações que surgem no trabalho acadêmico.

    A extensão é, assim, um recurso de retro-alimentação da Instituição capaz de viabilizar o desenvolvimento das FIPAR e da comunidade por ela servida e, neste sentido configura-se como um compromisso.

    Tal política possibilita a integração com empresas, instituições comunitárias de produção de conhecimento e tecnologia, e, também instituições públicas destas duas regiões citadas. É preciso, também, remontar aos compromissos assumidos com a região, destacando aqueles que mais se afinam com a ação extensionista: o de contribuir para o esforço de ordenação do desenvolvimento regional por meio da difusão do conhecimento.